Um Bolsonaro sempre paga suas dívidas. Para outras coisas, use o Zero Dois.

À medida que registro as atividades simultâneas do discurso paranóico dos Bolsonaros, mais surgem sinais de que as reações despejadas nas redes sociais não são tão aleatórias como muitos querem imaginar. Indomesticável. Alucinado. Uma personalidade cheia de arestas. Foram alguns adjetivos usados para descrever Carlos Bolsonaro nos últimos dias. Tudo, claro, baseado na sequência de […]

Leia mais

Eu não sou um robô

À primeira vista, tudo parecia tranquilo. Sobre a lâmpada erguida no teto, via-se um grupo de mariposas voando em espiral como se aquela fosse a única fonte luminosa localizada na Terra. Num impulso, olhou mais uma vez sua caixa de e-mails, onde o destino lhe reservava uma estranha mensagem. “Futuro papai, economize ainda mais com […]

Leia mais

O suicídio bem-sucedido

Em suma: o mundo estava chato, eles estavam frustrados com suas vidas e aquele parecia um belo dia para sair de cena. Marcaram de morrer depois do almoço de domingo, num quarto de hotel. Tudo previamente combinado num grupo de WhatsApp. Sentados em círculo,  apelaram à razão, que logo apareceu sentada no seu trono. Os fatos […]

Leia mais

Endurecer sem perder a ternura

São 13h. Depressa, sem muito lamento, escrevo por uma necessidade de ternura num ano que já foi batizado de trágico. Por ofício, passei os últimos anos avaliando, diariamente, o noticiário sobre o Brasil. Às vezes me permitia chorar, mas para o jornalista isso não é bem “permitido”. É preciso mentir para si mesmo, repetir mentalmente, […]

Leia mais