Querido Deus,

Esgotei todos os recursos para passar o tempo. Assombrei velhinhas. Atrapalhei o sono do meu ex-chefe. Provoquei confusões. Espalhei espantos. Tretei nas redes sociais. Fiz papelões. Muitas vezes me rebelei.

Peço desculpas por incomodar o Senhor no WhatsApp, então segui sua recomendação e envio minha solicitação por e-mail. Eu sei que fantasmas incomodam, mas sinto que algo mudou.

É por isso que tenho uma comunicação importante para fazer: aquele homem enterrado no cemitério da Consolação não sou eu. Desconfio que na verdade eu nunca morri e que chegou minha hora de viver.  Seria possível?

Também solicito material para tapar alguns buracos negros. E preciso mudar de nome com urgência. Andei pensando sobre aquele trecho do Drummond “Mundo mundo, vasto mundo […]” e descobri que todos os meus problemas começaram quando recebi, em homenagem ao meu pai, o nome Raimundo. Se eu me chamasse Sebastião, eu não seria apenas uma rima, seria uma solução. Providencie nome Sebastião para ontem se possível. E título de eleitor, CPF, imposto de renda, inventário. Tudo diferente.

Não me abandone, Meu Deus.

Beijo.

Raimundo, mas pode me chamar de Tião.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s